Somos feitos de narrativas…

Somos feitos de palavras, de frases ditas aqui e ali por diferentes pessoas que passam por nossas vidas, dizendo isso ou aquilo, emitindo opiniões sobre isso ou aquilo. Já passou para pensar que o ser humano adora ter opinião sobre tudo e sobre todos?

Quando pequenos temos a “narrativa” delineada pelos pais, avós, professores, vizinhos e pessoas de nosso convívio. São elas que dão o tom do “script” que iremos atuar ao longo de nossas vidas (atuamos sem saber qual é), de maneira inadvertida e inconsciente ele vai sendo escrito nas entrelinhas do dito e do não dito.

Veja, como ele é educado! Nossa, como ela é bonita! Menina, como essa garota é feia! Esse aí, não vai dar em nada! Essa aí, minha nossa, não serve para nada! Minha nossa como é magra, está passando fome? São frases que qualquer um de nós já ouviu a respeito de crianças do entorno, ou a respeito de si mesmos. Essas são as frases da narrativa que está em construção na cabeça deles e gera as crenças individuais a respeito de nós mesmos e do mundo que nos cerca, mesmo sem o nosso consentimento.

Essa construção de narrativa ultrapassou, nos dias de hoje, o círculo social, o mundo online é uma fábrica de narrativas, que nem sempre são boas. O mundo online adota a “escrita do script” em formato de curtidas, likes e comentários (dos melhores aos mais bizarros) o padrão de certo e errado do “script” pessoal, que antes era formado por menos pessoas, agora é público e afeta consideravelmente a consciência de si em cada um de nós.

Por que é tão importante saber disso? Bem, se nos afetamos com as narrativas precisamos estar atentos ao que estão narrando a nosso respeito e para nós, se for um drama podemos adotar a tristeza como forma de viver, se for uma comédia, podemos adotar uma forma jocosa de levar a vida e nossas relações e se for um filme misturado, em que terror, drama e suspense são narrados aos montes, aí é o cenário propício para que as coisas saiam do lugar.

Observe, quais são as narrativas atuais a respeito do mundo e da nossa vida? Quais são as histórias que as redes vem contando, das pessoas e do mundo que nos cerca. Você está checando adequadamente o roteiro em fontes seguras, com informações que se adequem à realidade (mídias confiáveis, ciência, etc.)? Ou apenas está seguindo um roteiro pré estabelecido por alguns que querem tirar você do protagonismo de sua vida e de sua história?

Veja lá, você é o único que pode ser o protagonista de sua história e os “scripts” que foram cunhados por outros desde sua infância podem ser retomados a qualquer momento, eles são usados para que as narrativas se mantenham em favor nem sempre do que é melhor para você, basta que se dê conta de que essas histórias não são sobre você, mas sobre o que achavam que você era ou deveria ser, ou quem é e deve ser.

Abaixo aos scripts inadvertidos, propositalmente escritos ou não, que querem nos roubar o poder de pensar, escolher, fazer e viver como bem quisermos! Faça sua parte e filtre narrativas incompatíveis com a liberdade de ser quem desejamos ser, com a falsa ideia de que sabem o que é melhor para nós. A responsabilidade nessa reescrita é nossa, apenas nossa. Se não sabe ainda, APRENDA, sempre é tempo de aprender a reescrever a própria história! Depois não poderá culpar ninguém por sua preguiça de ler, buscar fontes seguras, de pegar no papel e na caneta de seu raciocínio e fazer a sua parte, tomar real consciência de sua vida e de suas escolhas.

A história e seu EU futuro irão agradecer!

Daniela Bernardes

Psicoterapeuta

Especialista em Desenvolvimento Humano

4 respostas para “Somos feitos de narrativas…”

  1. After looking at a few of the blog posts on your web page, I really appreciate your technique of blogging. I saved as a favorite it to my bookmark site list and will be checking back in the near future. Please check out my website too and let me know what you think. Gabi Urson Colline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *