Bem-vindo à Ybrida Consultoria!

Sobre nós

Após vinte anos anos de prestação de serviços em diferentes organizações de segmentos diversos e há dez anos cuidando da saúde emocional de centenas de pessoas em diferentes contextos a Psicóloga Daniela Bernardes cria a Ybrida Consultoria.

Levada pelo desejo de despertar consciência e aprimoramento nas questões da saúde e doença mental, envelhecimento, cuidados paliativos e comunicação positiva (temas estes que vêm afetando diferentes estruturas da vida e da sociedade), percebeu a necessidade de criar estratégias e parcerias que levassem soluções individuais e coletivas nos campos supracitados.

Entendemos que pessoas e organizações que se abrirem para essas reflexões estarão na vanguarda, visando revisão de vida e inovação organizacional, preocupando-se com o autocuidado e o bem-estar coletivo e com o que as mudanças sociais e culturais podem ocasionar na vida das pessoas e nas organizações, podendo estabelecer melhores metas de trabalho e de vida e fomentar o desenvolvimento individual e coletivo.

Propósito

Missão
Prestar serviços diferenciados e de qualidade em saúde mental, comunicação, cuidados paliativos e gerontologia, com ética e respeito à individualidade humana e às particularidades de cada indivíduo e corporação, utilizando-se de diferentes técnicas e atualização constante, para promover desenvolvimento humano e qualidade de vida, afetando positivamente o bom desempenho das empresas e a vida das pessoas.

Visão
Transformar-se em uma empresa singular em sua área de atuação, auxiliando na desmistificação da “doença mental”, dos cuidados paliativos e da velhice, fomentando a comunicação positiva,  por intermédio da clareza e objetividade nas ações, impulsionando prevenção e promoção de saúde mental e o desenvolvimento humano a um maior número de pessoas e locais em que os temas ainda são um tabu.

Valores
Compromisso com a vida e a singularidade humana, leveza e simplicidade nas ações, com respeito e humildade frente aos desafios.

Nosso Portfólio :: Para Você

Psicoterapia especializada em:

Transtornos depressivos

Distúrbio mental caracterizado por depressão persistente ou perda de interesse em atividades, prejudicando significativamente o dia a dia.

As causas possíveis incluem uma combinação de origens biológicas, psicológicas e sociais de angústia. Cada vez mais, as pesquisas sugerem que esses fatores podem causar mudanças na função cerebral, incluindo alteração na atividade de determinados circuitos neuronais no cérebro.

Transtornos de ansiedade

Preocupação intensa, excessiva e persistente e medo de situações cotidianas. Podem ocorrer frequência cardíaca elevada, respiração rápida, sudorese e sensação de cansaço.

A ansiedade pode ser normal e é um indicador de doença subjacente somente quando os sentimentos se tornam excessivos, obsessivos e interferirem na vida cotidiana.

Transtornos de adaptação

Também chamado de stress emocional. Pode ser definido como um estado de desequilíbrio do funcionamento psíquico e orgânico que ocorre quando o organismo necessita utilizar seus recursos psicobiológicos para lidar com eventos que exijam uma ação defensiva. O transtorno de adaptação é desencadeado pela necessidade da pessoa de lidar com algo que ameaça sua homeostase ou equilíbrio interno. Quando os recursos do momento são insuficientes devido à vulnerabilidade pessoal ou à ausência de estratégia de enfrentamento ou, ainda, pela gravidade ou intensidade do estressor presente, o organismo pode ser afetado em sua plenitude com consequências graves para sua saúde física ou mental.

Síndrome de Burnout

Caracterizado como um distúrbio psíquico de caráter depressivo, precedido de esgotamento físico e mental intenso, definido por Herbert J. Freudenberger como “(…) um estado de esgotamento físico e mental cuja causa está intimamente ligada à vida profissional”.

Assédio Moral

Na prática, o ato de expor o empregado a situações humilhantes (como xingamentos em frente dos outros empregados), exigir metas inatingíveis, agir com rigor excessivo ou colocar “apelidos” constrangedores no empregado, são alguns exemplos que podem configurar o assédio moral.
São atitudes que, repetidas com frequência, tornam insustentável a permanência do empregado no emprego, podendo causar danos psicológicos e até físicos, como doenças devido ao estresse causado pelo assédio.

Envelhecimento e Aposentadoria

Muitas são as dúvidas em relação ao melhor momento para se aposentar após anos de dedicação a uma atividade laboral na qual muitas vezes se deposita a vida, ou a maior parte do tempo dela. A palavra “aposentadoria” em si já traz uma conotação negativa, culturalmente associada ao simbolismo da inação, perda de qualidade de vida, até mesmo, desocupação. Pensando no sofrimento emocional existente neste cenário, temos como foco refletir e criar caminhos e estratégias que auxiliem você a administrar essa etapa da vida de maneira mais saudável e positiva.

Cuidados Paliativos, Perdas e Luto

Nem sempre estamos preparados para as perdas que fazem parte da vida (reais ou subjetivas) e essa inabilidade para lidar com as mudanças, a própria finitude ou a perda dos que nos são caros pode ser fator de adoecimento emocional para muitos. Desenvolver maior resiliência diante dos reveses da vida é de suma importância para uma vida mais equilibrada e com qualidade, e para que tenhamos estratégias emocionais de enfrentamento diante das mudanças, perdas reais ou de expectativas irrealistas, cujo instrumento de apoio importante nesse processo é a psicoterapia.

Para essas e outras questões de ordem emocional, marque uma avaliação.

daniela.bernardes@ybridaconsultoria.com.br

https://ybridaconsultoria.com.br/contato/

Nosso Portfólio :: Para a sua empresa

Partner in Mental Health

Levados pelo compromisso com a vida humana, prezando pela simplicidade nas ações, com respeito e humildade frente aos desafios objetivamos instigar as pessoas, as organizações e seus gestores e colaboradores no cuidado com a saúde mental, visamos afetar positivamente o desenvolvimento das empresas e a vida das pessoas que nela atuam.

Dados alarmantes da OMS (Organização Mundial de Saúde) indicam que em pouco tempo  a depressão será a maior causa de incapacitação para o trabalho. O INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) aponta que os transtorno mentais ocupam o terceiro lugar na concessão de benefícios previdenciários.

As implicações dos dados supracitados com impacto negativo nas empresas e na vida são inúmeras, levantando então à necessidade de ações para preveni-las e saná-las, sendo este nosso propósito, criar caminhos para uma saúde global através dos cinco passos a seguir:

  1. Sensibilização sobre as necessidades e demandas emocionais em diferentes campos da vida;
  2. Reflexão sobre os fatores adoecedores em diferentes contextos;
  3. Conscientização sobre o papel de cada indivíduo na construção da saúde mental;
  4. Responsabilização sobre o impacto das escolhas individuais na saúde mental e suas consequências em diferentes campos da vida;
  5. Ação frente aos acontecimentos a partir da autoaceitação, autocuidado e autoconhecimento, gerando ressignificação de eventos e sentimentos, que contribuem para mudanças construtivas e melhora na saúde global.

Desmistificar a doença mental e suas implicações nos ambientes corporativos é um de nossos objetivos.

Partner in Human Development

O termo desenvolvimento humano tem estado em maior evidência nos últimos tempos e muitos estudos vem surgindo nesse vasto e interessante campo, o que mostra a importância de pensarmos na transformação e aprimoramento individual, pessoal e técnico. Termos como inteligência emocional, inteligência positiva, inteligência/habilidades e competências sociais, comunicação, psicologia positiva e programação neurolinguística passaram a ser mais citados em diferentes campos, demonstrando a necessidade de estudo e validação e desenvolvimento premente de nossas capacidades e potencialidades humanas, aproveitando as descobertas recentes a respeito de nós mesmos.

Seguindo essa tendência, todos nós enquanto seres conectados e tocados por outros precisamos aprender a nos relacionar melhor e essa relação se dá basicamente por intermédio da comunicação, cuja competência nem sempre adquirimos ao longo de nossas vidas.

Desse modo, desenvolver ambos, habilidades pessoais e interpessoais, e de comunicação em suas diferentes frentes, nos torna mais  responsáveis e competentes enquanto humanos, auxiliando-nos para uma vida mais positiva e produtiva, sendo uma de nossas metas.

Partner in Palliative Care

Os Cuidados Paliativos felizmente tem crescido em atuação e estudos no Brasil, levando cuidado adequado e dignidade aqueles que foram acometidos por doenças ameaçadoras à vida, auxiliando no processo de enfrentamento, tanto aos pacientes quanto à suas famílias, de modo a mitigar o sofrimento e sintomas que doenças incuráveis geram.

Muitos são os desafios neste cenário, diante da negação da morte ainda muito presente em nossa cultura e das dificuldades de compreensão em relação ao que de fato fazem os paliativistas, o que impossibilita que o cuidado esmerado e adequado das dores, desconfortos, sofrimento e enlutamento que uma doença grave gera, possam ser sanados a contento.

Levar a desmistificação dessa especialidade para diferentes setores da sociedade é uma das formas que temos de maximizar sua atuação e auxiliar os que sofrem no processo de morrer, sendo uma das nossas frentes de atuação e objetivo.

Partner in Aging & Well Being

Dados sobre o envelhecimento populacional têm trazido alterações comportamentais e culturais em diferentes cenários, especialmente no Brasil, local em que a pirâmide populacional está deixando de ter esse formato com a quantidade de idosos crescendo exponencialmente.

Essa mudança de perfil populacional traz demandas que até então não se apresentavam, desde questões relacionadas à absorção desse público no mercado de trabalho, sofrimento emocional pela aposentadoria, produtos específicos para eles e até a necessidade maior de cuidadores que possam auxiliar a mantê-los autônomos e independentes por mais tempo, ou mesmo prestar assistência de maneira integral.

É nesse contexto que entramos, com o objetivo de auxiliar profissionais e empresas a conhecer e a se prepararem para o “universo dos idosos”. Tal universo demanda proporcionar a melhor assistência a esse público tão diferenciado, de acordo com suas reais necessidades, observando particularidades individuais e culturais específicas, o que é nossa missão diante do aumento no envelhecimento populacional.

Desejamos fomentar, desmistificar e aprimorar estudos e a prática das temáticas supracitadas através de workshops, cursos online, avaliação e acompanhamento psicológico, visando sanar lacunas institucionais e culturais para a melhoria da qualidade de vida das pessoas e da sociedade como um todo. Teremos muito prazer em melhor compreender e atender suas necessidades pessoais e/ou organizacionais.

Para mais informações contate-nos através do e-mail daniela.bernardes@ybridaconsultoria.com.br